Filme: Sweeney Todd

Sweeney Todd

O Filme Sweeney Todd, The Demon Barber of Fleet Street (o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet), é um musical, suspense, dirigido por Tim Burton. Sweeney Todd é uma adaptação, para o cinema, de um musical de mesmo nome.

Sweenwy Todd, conta a história de Benjamim Barker (Johnny Depp) , um barbeiro que levava uma vida normal, e feliz, com sua mulher e filha. Isso acaba quando um juiz, chamado de Turpin (Alan Rickman), ve a mulher de Barcker e se apaixona. Juiz Turpin, aproveitando-se de sua autoridade, ordena que Benjamim Barker seja preso, por um crime que o mesmo não cometeu, e podendo assim ficar a mulher de Barcker e tomar a filha do mesmo como tutela.

Após quinze anos, Benjamim Barcker volta a Londres, desejando se vingar do fato ocorrido no passado. Tendo como parceira uma confeiteira, chamada srta. Lovett, que encontra na sua volta para Londres, Todd usa sua navalha para matar seus clientes menos conhecidos e srta. Lovett usa a carne dos mortos para fazer tortas, que alcançam grande sucesso na cidade. O grande objetivo de Todd é recuperar sua filha Johanna, que está sobre a tutela do juiz Turpin, matando o mesmo.

Sweeney Todd ganhou em 2008 o Oscar por Melhor Direção de Arte.

Anúncios

Ganhadores Oscar 2008

Melhor filme: “Onde os fracos não têm vez”

Melhor ator: Daniel Day-Lewis por “Sangue Negro”

Melhor Diretor: Joel Coen e Ethan Coen por “Onde os fracos não têm vez”

Melhor documentário: “Taxi to the dark side” – Alex Gibney

Melhor documentário em curta-metragem: “Freeheld”

Melhor roteiro original: “Juno”

Melhor fotografia: Do filme “Sangue negro”

Melhor trilha sonora original: “Desejo e Reparação”

Melhor canção original: “Primeira vez”

Melhor filme estrangeiro: austriáco “Os falsários”

Melhor atriz: Marion Cotillard por “Piaf – um hino ao amor”

Melhor Edição: “Ultimato Bourne”

Melhor atriz coadjuvante: Tilda Swinton por ‘Conduta de Risco’

Melhor ator coadjuvante: Javier Bardem por “Onde os fracos não tem vez”

Melhor roteiro adaptado: “Onde os fracos não têm vez”, Joel Coen e Ethan Coen

Melhor direção de arte: “Sweeney Todd – O barbeiro demoníaco da Rua Fleet”, de Tim Burton. Dante Ferretti e Francesca Lo Schiavo levam a estatueta.

Melhores efeitos especiais: “A bússola de ouro”

Melhor maquiagem: “Piaf – Um hino ao amor”

Melhor animação: “Ratatouille” – Brad Bird

Melhor figurino: “Elizabeth – A era de ouro”

Melhor Mixagem de som: “Ultimato Bourne”

Melhores efeitos sonoros: “Ultimato Bourne”

Melhor curta de animação: “Peter and the wolf”

Melhor curta-metragem: “Le Mozart des pickpockets”

 

Via: Correio Diário

As Crônicas de Nárnia, O Principe Caspian

As Crônicas de Nárnia 2, O Pincipe Caspian, já tem data de lançamento marcada no Brasil: 23 de Maio de 2008.

O segundo filme baseado nas histórias de C.S. Lewi, que já tem alguns cartazes de divulgação, tem a data do lançamento nos EUA marcada para o natal deste ano.

Princepe Caspian

Princepe Caspian 2

Os cartazes parecem bem trabalhados, um deles um tanto infantil, mas afinal esse seria o publico alvo.

O primeiro filme foi um sucesso de bilheteria maior do que seus idealizadores imaginavam que poderia ser. Agora eles pretendem igualar, ou até mesmo ultrapassar, a marca anterior.

Agora já está disponivel o trailer do filme.

Assista: